Marcando uma nova época - JODF — Portfólio online JODF — Portfólio online
Portfólio
Currículo
/jodf80
Blog
flickr.com/JODF
jodf__
jodf@jodf.com.br
11 995 339 613

JODF — Portfólio online

Marcando uma nova época — Por JODF
23 de janeiro de 2012 — 08:32
Assunto: Branding, Quadrinhos    

Share

Nova marca da DCNa última quinta-feira, lá pelo final do dia, um amigo me surpreende mandando um email com a nova marca da DC Comics. Para quem não sabe, esta é a editora estadunidense dona do Superman, do Batman, da Mulher Maravilha e de toda turma da Liga da Justiça (Homem-Aranha, X-Men, Quarteto Fantático e os Vingadores são da Marvel).

Segundo o blog oficial da editora, o novo símbolo brinca com a dualidade dos personagens. O “D descolando” é a máscara descobrindo a verdadeira facedo herói, representada pelo “C”. Uma referência direta e explícita ao conceito de identidade secreta, muito comum não só na DC, mas em praticamente todos universos de super-heróis. A nova marca aparecerá oficialmente nas capas das edições de março, nos EUA.

Para quem não lê quadrinhos e nem acompanhou as mudanças nos rumos da editora e des seus personagens, tudo se resume ao simples “gostei/não gostei”, baseado no “feio × bonito”.

Entre os fãs e leitores da empresa opinar sobre o assunto não é tão simples.  Nos seus mais ¾ de século de atividade, esta a mudança mais brusca na identidade visual da empresa. A DC sempre marcou seus produtos com suas iniciais dentro de um círculo, como um carimbo (exceto na versão de 1970). Símbolos de fácil entendimento, agilizando a procura nas bancas e livrarias.

Marcas anteriores da DC

A marca adotada em 1976, o grande ícone da DC, mesclou a forma clássica do simples carimbo redondo com a os emblemas que seus principais personagens ostentam nos uniformes.

 Já em 2005, tardiamente a editora resolveu aderir ao modismo da virada do milênio, tornado seu cículo elíptico e entortando suas letras. Embora a mudança pareça muito brusca, ela preserva todos os elementos do logo anterior.

A análise do novo logo não deve ser apenas visual. Não se trata só de atualizar um símbolo aos avanços tecnológicos ou aos contumes sociais da época. No ano passado a DC decidiu limpar os 75 anos do passado de seus personagens e fazer um reboot total. Todas as suas publicações voltaram à primeira edição. Até as mais antigas como Action Comics e a Dectetive Comics (que batiza a casa) que passaram do número 800 foram sumariamente zeradas.

Personagens clássicos foram descartados e outros novos surgiram. E, além da numeração, a história dos herois também foi reiniciada.

Está é uma aposta muito alta na renovação de público que pode expantar os leitores antingos. Finaceiramente falando, a mudança está funcionando. Muita gente se pergunta até quando. Será que um dia voltaram tudo como era antes? Ou essa é umaatitude sem volta? Impossível afirmar.

 E agora, para marcar esta nova época na editora, um novo símbolo é adotado. E, subjetivamente, podemos interpretar o “D descolando” como uma ,etaafórica virada de página. “a vida continua”. “Quem gostou gostou, e quem não gostos, azar”. O novo logo é praticamente irreconhecível, mas se adequa à grande mudança que tornou irreconhecível o novo Universo DC.

Como sempre aconteceu desde 1976, a marca da DC sempre apresentou a possibilidade de trocar o oficial azul marinho por outras cores, de acordo com a combinação cromática de cada capa. Isso continuará.

Nova marca da DC — variações de cores

A novidade que tem causado ira em muita gente, são as versões temáticas do logo. Elas não sejam pensadas para mídias impressas, apenas para vídeo (web, TV e cinema).

Resumindo a história: para quem lê DC Comics, gostar ou não do novoa logo depende exclusivamente de gostar ou não do reboot dos personagens. Exatamente por isso o novo símbolo não apareceu nas novas ‘edições número 1’ da casa.